Modelo GFACH-FATSUS - Gestão em Faturamento SUS     -     Escepti Serviços Empresariais ( www.escepti.com.br )     -     Registrado na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro     -     Editado pelo autor Enio Jorge Salu

 

Apresentação

 

 

Modelo GFACH - FATSUS - Gestão em Faturamento SUS, foi desenvolvido para auxiliar hospitais públicos e privados que atendem pacientes SUS na missão de apontar adequadamente sua produção, e consequentemente maximizar o seu reembolso pelos serviços prestados

 

Abrangendo as potencialidades da Tabela SIGTAP, dá foco à necessidade do rigor o registro dos procedimentos e consumos, independentemente do registro representar preço em BPAs, AIHS e outros instrumentos:

Diferente das outras compilações sobre faturamento SUS, O Modelo GFACH - FATSUS reforça a necessidade do hospital apontar todo e qualquer tipo de produção de modo a poder discutir com o seu órgão provedor o aumento do seu teto e o ajuste das suas metas;

O Modelo GFACH - FATSUS explora o máximo das possibilidades da Tabela SIGTAP, orientando os gestores hospitalares nas práticas avaliam as compatibilidades como oportunidades, e não como barreiras

 

O Livro, registrado na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, comenta cada capítulo da Tabela SIGTAP de forma simples e didática, recorrendo sempre a casos e situações reais que se aplicam aos hospitais públicos vinculados à administração direta ou não, às instituições filantrópicas, especialmente às Santas Casas, e aos hospitais privados que se inserem no sistema SUS.

 

 

 

Índice do Livro

 

 

Apresentação

 

1                         Tabela SIGTAP

 

1.1                      Acesso

1.1.1                   Link

1.1.2                   Tela Inicial

1.1.3                   Downloads Básicos

1.1.4                   Manuais

 

1.2                      Parâmetros

1.2.1                   Tela Padrão

1.2.2                   Codificação, padronização, enquadramento e detalhamento

1.2.3                   Histórico de Atualização

1.2.4                   Modalidades de Atendimento

1.2.5                   Complexidade do Atendimento

1.2.6                   Tipo de Financiamento

1.2.7                   Idade e Sexo Compatíveis com o Procedimento

1.2.8                   Instruções para Registro do Procedimento

1.2.9                   Média de Permanência e Permanência à Maior

1.2.10                  Quantidade Máxima

1.2.11                  Valor

1.2.12                  Pontos – Repasse aos Médicos

1.2.13                  Compatibilidades

1.2.13.1               Compatibilidade do Procedimento com o Diagnóstico do Paciente (CID)

1.2.13.2               Compatibilidade do Lançamento com o CBO (Profissão)

1.2.13.3               Compatibilidade do Lançamento com a Habilitação do Estabelecimento

1.2.13.4               Procedimentos x Regras Condicionadas

1.2.13.5               Procedimentos x RENASES

1.2.13.6               Procedimento x Incremento

1.2.13.7               Procedimento x Serviço/Classificação

1.2.13.8               Procedimento x Componente de Rede

1.2.13.9               Procedimento x Leito

1.2.13.10            Compatibilidades entre Procedimentos

1.2.13.11            Compatibilidades de OPME

1.2.13.12            Compatibilidades entre Procedimentos e Instrumentos de Registro

 

1.3                      Capítulos

1.3.1                   Grupos

1.3.2                   Subgrupos (forma de organização e exemplos)

1.3.2.1                 Subgrupos do Grupo 01 – Ações de Promoção à Saúde

1.3.2.2                 Subgrupos do Grupo 02 – Diagnósticos

1.3.2.3                 Subgrupos do Grupo 03 – Procedimentos Clínicos

1.3.2.4                 Subgrupos do Grupo 04 – Procedimentos Cirúrgicos

1.3.2.5                 Subgrupos do Grupo 05 – Transplantes

1.3.2.6                 Subgrupos do Grupo 06 – Medicamentos

1.3.2.7                 Subgrupos do Grupo 07 – OPME

1.3.2.8                 Subgrupos do Grupo 08 – Ações Complementares

 

1.4                      Facilidades para downloads e carga de planilhas

 

2                         Controle da Receita

 

2.1                      Origens da Receita

2.1.1                   Tipos de Atendimento

2.1.2                   Atenção Domiciliar

2.1.3                   Atenção Psicossocial

2.1.4                   Ambulatório

2.1.5                   Hospital-Dia

2.1.6                   Internação

 

2.2                      Evidências para Lançamentos

2.2.1                   Grupo 01 – Ações de Promoção à Saúde

2.2.2                   Grupo 02 – Diagnósticos

2.2.3                   Grupo 03 – Procedimentos Clínicos

2.2.4                   Grupo 04 – Procedimentos Cirúrgicos

2.2.5                   Grupo 05 – Transplantes

2.2.6                   Grupo 06 – Medicamentos

2.2.7                   Grupo 07 – OPME

2.2.8                   Grupo 08 – Ações Complementares

 

2.3                      Realização da Receita

2.3.1                   Regra Básica

2.3.2                   Contra Apresentação

2.3.3                   Contratualização

 

3                         Base de Dados de Faturamento

 

3.1                      Produção

3.2                      Produtividade

3.3                      Repasse para Médicos e Outros Profissionais

3.4                      Repasse para Fornecedores

 

4                         Gestão do Faturamento

 

4.1                      Gestão de Contas

4.1.1                   Nível de Maturidade do Processo de Faturamento

4.1.2                   Práticas de Evolução do Nível de Maturidade

4.1.2.1                 Padronização de Documentos

4.1.2.2                 Repositório Único / Catálogo Único para Consulta de Documentos

4.1.2.3                 Kits de Faturamento

4.1.2.4                 Lançamentos / Auditoria com Controles Extra Prontuário do Paciente

4.1.2.5                 Check-list de Registros

4.1.2.6                 Eliminação de Conveniências que Geram Perda

4.1.2.7                 Lançamento do Código mais Adequado e Rentável, quando existe opção

 

4.2                      Envolvimento Institucional

4.2.1                   Comitê de Gestão da Receita (Comissão de Faturamento)

4.2.2                   Apresentação do Volume Faturado para Cada Área Origem de Receita

4.2.3                   Avaliação do Comportamento do Faturamento por Área Origem de Receita

4.2.4                   Revisão Periódica de Compatibilidade de CBO

4.2.5                   Revisão Periódica de Compatibilidade de OPME por Procedimento

4.2.6                   Benchmarking Interno

4.2.7                   Benchmarking Externo

 

Fechamento do Cenário

Modelo GFACH - FATSUS

 

Gestão em Faturamento SUS

www.gfach.net.br

 

contato@escepti.com.br

Índice de Acesso

SITES RELACIONADOS

Destaques

Novo Formato de Certificação em Proficiência à Distância

 

Livro Modelo GFACH - FATSUS

Faturamento SUS

 

 

Íntegra do conteúdo do Modelo GFACH - FATSUS

 

 

ISBN

Prefixo Editorial:            917645

Número ISBN:                978-85-917645-7-0 

 

Título

Modelo GFACHFATSUS - Gestão em Faturamento SUS

Salu, Enio Jorge

1ª Edição

2017 – Edição do Autor – São Paulo/SP

 

 

Download gratuito em Formato PDF (40 MB)

 

 

Clique aqui para fazer o download

 

 

 

Havendo interesse em adquirir a versão impressa e encadernada do livro utilize o canal

 

contato@escepti.com.br

 

A versão impressa não é gratuita